Designer Image Map

terça-feira, 5 de novembro de 2013

The Divide

Capitulo 12 p.1


Eu caminhei para o meu quarto, frustrada. Ele se matara meu pai, me leva para os Estados Unidos, me mantém meses na casa dele, se desposa-me, tira minha pureza e depois não olha na minha cara. O pior de viver naquela situação era não saber como resolver. Nem Katia, nem Pedro sabiam o motivo daquilo tudo, então eu não sabia como agir. E agora ele pagaria meus estudos? Mas que*******é essa? 
O tempo passava e minhas perguntas iam se acumulando cada vez mais. 
Dessa vez 1 mês se passou, e nada tinha mudado. Eu não o procurei mais, e minha rotina tinha se tornado a mesma: Ajudar Katia com os afazeres, e conversar com Pedro, ter aulas de inglês com o senhor Alberto, e mais aulas com Lauren. 
Até o dia em que eu finalmente ficaria livre daquele mausoléu, o dia em que eu finalmente colocaria os pés para fora do portão. Após 4 longos meses, eu veria o mundo de novo. 
Pedro falou que eu ia estudar em Princeton, uma conceituada universidade localizada em Nova Jérsei, que fica a 3,944 km da Califórnia, ou seja: uns 3 ou 4 dias de viajem de carro. E eu não acreditei. Simplesmente não acreditei que Arthur ia me mandar para longe. Que finalmente eu ia poder sair e ver o mundo. Que ia poder viver longe daquela casa, daquele covil que era a vida dele. 
E não é que realmente era verdade?
O tão esperado dia chegou, e eu estava apenas com algumas malas de roupas. O carro luxuoso que me trouxe ali, era o mesmo que ia me levar para a faculdade. Katia não parava de chorar um minuto, e a tristeza de Pedro era visível:
Lua: Eu agradeço tudo o que vocês fizeram por mim nesses meses. Foram muito condescendentes comigo!
Pedro: Nos vamos sentir muito a sua falta, criança! 
Eu sorri e deu um abraço apertado nos dois.
Lua: Eu não digo que um dia eu volto, porque esse não é meu plano. Mas um dia, em outra ocasião, espero revê-los. Obrigada. 
Katia: Não se esqueça de nós, Lu. 
Ela chorava e soluçava, parecia que eu era sua própria filha. Eu respirei fundo para não me deixar levar pelas emoções. Não queria demonstrar nenhum tipo de tristeza por finalmente dar o fora daquela casa. 
Antes de entrar no carro, eu olhei para a fachada da casa, e debruçado em uma das sacadas, ele estava lá, estava longe, mas eu podia vê-lo. Vestido socialmente, com uma expressão rude, como costumava ser. Me observando partir, sem sequer vir dar tchau para a sua querida esposa, cretino!!! 

Ele acenou para mim. 
Eu lhe dei o dedo e sussurrei: Morre, desgraçado!



Queria que você colocasse no final assim
Notas:A partir desse capitulo o Arthur não vai aparecer tanto, pois ela vai estar na faculdade.. Mas relaxem, eles tem muita historia pra contar quando ela voltar, e não demorar muito o/

7 comentários:

  1. aaah tava morta de saudades,shaii tem quantos capitulos?bjus

    ResponderExcluir
  2. aaah tava morta de saudades,shaii tem quantos capitulos?bjus

    ResponderExcluir
  3. aaah tava morta de saudades,shaii tem quantos capitulos?bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei :S Ela ta em andamento ainda :D

      Excluir
    2. aaaaah que saudade que eu estava dessa web! <3

      Excluir
  4. nossa nem acredito que voltei a ler essa web,obrigada por não ter desistido!!!

    ResponderExcluir